Artigos Populares Sobre Saúde

Os Melhores Artigos Sobre Saúde - 2018

De Beethoven a Bieber, a música não mexe chimpanzés

SEXTA-FEIRA, 7 de abril de 2017 (HealthDay News) - Para os zoológicos que esperam tocar música pode deixar os chimpanzés cativos mais felizes, um novo estudo sugere que eles estão desperdiçando seu tempo.

o parente mais próximo de primatas simplesmente não parece "pegar" música, descobriu o estudo.

As descobertas "destacam a possibilidade de que a apreciação musical é algo que é uma característica exclusivamente humana", disse a autora do estudo Emma Wallace. Ela é uma pesquisadora de psicologia na Universidade de York, na Inglaterra. Algumas pesquisas anteriores sugeriram que a música pode ter alguns efeitos positivos no bem-estar dos chimpanzés em laboratórios, enquanto outros estudos sobre chimpanzés em zoológicos produziram resultados mistos. Muitos zoológicos tocam música como uma forma de enriquecimento para chimpanzés e outros primatas, ou para o desfrute de cuidadores, observaram os pesquisadores. No novo estudo, os pesquisadores avaliaram o quão clássico (por exemplo, Mozart e Beethoven) e música pop / rock (como Adele e Justin Bieber) afetaram o comportamento dos chimpanzés no Zoológico de Edimburgo RZSS.

O estudo descobriu que nenhuma das músicas teve um efeito positivo ou negativo. os resultados sugerem que a música não é algo relevante para os chimpanzés cativos ", disse Wallace em um comunicado à imprensa.

Além disso, essas descobertas" são apoiadas por trabalhos recentes com orangotangos que não conseguiam distinguir música de ruído digitalmente embaralhado ", observou Wallace.

Mas embora" a música não pareça ter um efeito positivo no bem-estar dos chimpanzés, ela também não teve nenhum efeito negativo ", acrescentou.

Se os grandes macacos cantarolam, "a música ainda pode ser tocada para cuidadores de animais", sugeriu Wallace.

O estudo foi publicado recentemente na revista

PLoS One

.

Mais informações

O Wildlife Fund tem mais informações sobre chimpanzés.

Envie Seu Comentário